RADIO GOSPEL

domingo, 25 de outubro de 2009

O Misticismo x O Místico


Atos 2.41 De sorte que foram batizados os que de bom grado receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas,
42 E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações.
43 E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos.
44 E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum.
45 E vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de mister.
46 E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração,
47 Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar.

Fantástico, a pureza da igreja primitiva onde Cristo era a razão de tudo em todos, hoje temos visto muitos incrementos ao evangelho, eu diria até muito misticismo que tem tomado grande parte da crença e cultos realizados pela igreja evangélica em todo o mundo.

De acordo com o dicionário, Misticismo é: 1. Crença ou doutrina religiosa dos místicos; 2. Disposição para crer no sobrenatural. Místico: 1. Misterioso e espiritualmente alegórico ou figurado. 2. Relativo à vida espiritual e contemplativa; 3. Religioso; 4. Aquele que procura atingir o estado extático de união direta com a divindade.

A princípio não se vê nada de errado com ser místico pois é uma disposição para crer no sobrenatural. Mas o que tenho visto é muita gente crendo mais em experiências pessoais que muitas das vezes nem postas a prova são, do que na própria palavra de Deus. Isso é preocupante pois
a palavra nos leva ao conhecimento da verdade divina. Tenho visto um número crescente de pessoas que afirmam que antes por exemplo de levarem um objeto “consagrado”, sua vida começou a mudar, e o mais intrigante é que estas pessoas eram crentes mas suas vidas não passaram por uma transformação. Eu creio que o que faz diferença em nossas vidas não é um objeto levado para casa e jogado aos quatro cantos da casa que modifique uma família, eu ainda creio em Cristo Jesus e este opera independente de ter ou não um dado objeto distribuído por um sacerdote. Vê-se pessoas que ungem portas com azeite, fala-se até em unção da prosperidade. Outros colocam sal em volta de casa ou comércio, não discriminado, mas era isso que os pagãos faziam na idade média com seus costumes e crenças e na minha opinião o mais agravante é que esses crentes passam a depender destas ações, desviando sua fé em Cristo.
O Misticismo tem estado presente em toda as épocas da humanidade. O Evangelho e as cartas de João e Colossenses foram escritos para combater o pensamento gnóstico que era cheio de misticismo (Cl 2.16-23). O Misticismo está intimamente ligado ao panteísmo (tudo é Deus e Deus é tudo). Nos Estados Unidos houve um movimento chamado Transcendentalismo que foi influenciado pela filosofia Hindu, paralelamente a isso foi fundado o movimento teosófico por Helena (Madame) Blavatsky, escritora russa. Paralelamente surgiu a Ciência Cristã. O que eles tinham em comum? A idéia de que o homem deve desenvolver a sua divindade. Se descobrir o pleno poder que existe dentro deles. Tendo o poder sobre a enfermidade, dos problemas etc. Essek Kenyon, pastor evangélico, estudou numa das escolas da Ciência Cristã. Começou a pregar que nós somos pequenos deuses, que temos o poder de criar a realidade pelo que nós dizemos. Ele discipulou pela sua literatura Kenneth Hagin que introduziu grandes heresias dentro da igreja evangélica. No Brasil, a literatura de Hagin foi introduzida por R. R. Soares.


“HERESÍAS DENTRO DAS IGREJAS”


“Se existe algo que a história nos ensina, este ensino é que os ataques mais devastadores desfechados contra a fé sempre começaram com erros sutis surgidos dentro da própria igreja”. – John F. MacArthur Jr.

É daí que vemos crentes que se decepcionam com Deus, na realidade foram enganados por falsas doutrinas que dizem que nós não podemos ficar enfermos e coisas deste tipo.
Somos sim MISTICOS, na concepção da palavra: Deus está no centro de nossas vidas, Cristo é o nosso salvador e o Espirito Santo produa em nós uma aproximação da vontade e bençãos de Deus, movendo as pessoas a práticar a verdade bíblica. Deus os abençoe.
E lembre-se da igreja primitiva descrita no texto acima.

Um comentário:

  1. A paz do Senhor! Convido te a participar da:

    1ª Blogagem coletiva: Sinais do fim dos tempos – Prenúncios da volta de Cristo!

    Após ser inquietado pelo Espírito Santo de Deus, aqui estou propondo a “1ª Blogagem coletiva: Sinais do fim dos tempos – Prenúncios da volta de Cristo!” que tem como meta mostrar os mais diversos sinais que antecedem a volta de Cristo e que a cada dia se cumprem.
    Se você quiser participar, deverá publicar em seu blog um post relacionado ao tema proposto “Sinais do fim dos tempos - Prenúncios da volta de Cristo!” – no próximo dia 30 de Novembro.
    As regras para participar e mais detalhes estão no meu blog: Eu sou o mensageiro!
    Endereço do blog: http://aureliomcgomes.blogspot.com/
    Obrigado pela atenção, peço e espero que você participe.
    Faça a diferença.

    ResponderExcluir