RADIO GOSPEL

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

A ti te digo: Levanta-te, toma o teu leito, e vai para tua casa.



Marcos 2.
1 E ALGUNS dias depois entrou outra vez em Cafarnaum, e soube-se que estava em casa.
2 E logo se ajuntaram tantos, que nem ainda nos lugares junto à porta cabiam; e anunciava-lhes a palavra.
3 E vieram ter com ele conduzindo um paralítico, trazido por quatro.
4 E, não podendo aproximar-se dele, por causa da multidão, descobriram o telhado onde estava, e, fazendo um buraco, baixaram o leito em que jazia o paralítico.
5 E Jesus, vendo a fé deles, disse ao paralítico: Filho, perdoados estão os teus pecados.
6 E estavam ali assentados alguns dos escribas, que arrazoavam em seus corações, dizendo:
7 Por que diz este assim blasfêmias? Quem pode perdoar pecados, senão Deus?
8 E Jesus, conhecendo logo em seu espírito que assim arrazoavam entre si, lhes disse: Por que arrazoais sobre estas coisas em vossos corações?
9 Qual é mais fácil? dizer ao paralítico: Estão perdoados os teus pecados; ou dizer-lhe: Levanta-te, e toma o teu leito, e anda?
10 Ora, para que saibais que o Filho do homem tem na terra poder para perdoar pecados (disse ao paralítico),
11 A ti te digo: Levanta-te, toma o teu leito, e vai para tua casa.
12 E levantou-se e, tomando logo o leito, saiu em presença de todos, de sorte que todos se admiraram e glorificaram a Deus, dizendo: Nunca tal vimos.

Cafarnaum que significa Aldeia de Naum, cidade junto ao mar da Galiléia ao norte, parece que era ali o quartel general de Cristo na Galiléia. Ali Jesus realizou muitos milagres, dentre eles a acura do servo do centurião e a cura da sogra de Pedro.
Neste episódio vemos um paraplégico figura da condição humana devido o pecado que é a situação onde se está fora dos princípios de Deus, não está em conformidade com a lei de Deus, em estado, disposição ou conduta. O castigo do pecado é a morte física, espiritual e eterna ROMANOS 6
23 Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor.
Jesus é a única solução Atos 4. 12 E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos.
Vemos aqui a representação do ser humano longe de Cristo, que em primeiro lugar encontra-se paralisado pelos efeitos do pecado que domina suas vidas, tornando-os inoperantes e totalmente dependentes de outros para agir e em segundo vemos os dois tipos de paralisias que o pecado provoca: na carne e no espírito.
Algo que me chamou a atenção nesta passagem foi a quantidade de pessoas que estavam no local a ouvir a Cristo e as motivações dessas pessoas para estarem ali a ponto de impedir a passagem para o interior da casa.
Os discípulos estavam ali por seus ministérios, foram chamados ( Mt4.20), eram servos .
Os arrependidos, ouviram e estavam buscando a vida nova oferecida por Cristo.
Os doentes. Onde quer que andasse, os doentes acompanhavam-no em busca da cura e eram muitos os que assim agiam (Mt4.24).
O povo em geral, por interesses outros ou mesmo por curiosidade apenas. Sem compromisso real iam por ir, estavam ali até atrapalhando a passagem, não deixando espaço para que passassem com o paralítico.
Observo que no versículo 3, pessoas que demonstraram interesse por aquele homem, devemos nos interessar pelo próximo (Mt 5.43-48).
Apenas ter conhecimento do fato, não basta, é preciso cooperar, unir as forças, trabalhar juntos em prol do Reino. Veja o exemplo dado por Cristo ao enviar seus discípulos (Lc 10.1) .
A Bíblia nos informa que a fé sem as obras é morta. É preciso ter e exercer a fé, afinal sem ela não agradaremos a Deus, mas não é só isso. Sem fé somos impedidos de receber os galardões dados por Deus. Leia Hb 11.6, e se não temos fé ou a temos em tamanho reduzido façamos tal qual os discípulos em Lucas 17.5 Disseram então os apóstolos ao Senhor: Acrescenta-nos a fé.
Em nossa vida cheia de afazeres, uma coisa é crucial. Traçar metas e dentro destas metas ter prioridades, veja que aquelas pessoas buscavam uma benção que era para outra pessoa e poderiam ter desistido no instante em que viram a passagem obstruída, porém, eles não desistiram e planejaram uma maneira de chegar até o local onde o Senhor estava, isso era prioridade para aqueles homens e prosseguiram esta realização. Observe o que Paulo afirma em Fl1.21Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho.
Ter certeza do seu papel dentro do plano de Deus é fundamento necessário para a construção de uma vida de resultados.
Os quatro homens que conduziram o paralítico podem representar quatro forças que precisamos trazer conosco em nossa jornada, são elas:
Ousadia- que nada mais é que a capacidade de se tentar algo difícil, lembre-se Jo 1412 Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas, porque eu vou para meu Pai.
13 E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho.
Eles só levaram o evangelho aos confins da terra até então conhecida. Veja também o exemplo de Josué diante do grande desafio (Josué 6).
A ousadia vem sempre acompanhada de Atitude- reação ou maneira de ser em relação a pessoas, objetos etc. Uma pessoa sem atitude viverá a margem de sua própria história, jamais sendo o seu autor e construtor.
Nada. Teria o leproso se não tivesse atitude (Mt8).
O centurião então, atitude (Mt 8) Sem esquecer da mulher do fluxo de sangue, que esgotada reagiu e perseguiu sua cura.
É necessário também coragem 2 Tm 1.7 Porque Deus não nos deu o espírito de temor, mas de fortaleza, e de amor, e de moderação.

Isso tudo sem fé, é vão. Confiar, acreditar ainda que as circunstâncias te digam não.

MATEUS 14
28 E respondeu-lhe Pedro, e disse: Senhor, se és tu, manda-me ir ter contigo por cima das águas.
29 E ele disse: Vem. E Pedro, descendo do barco, andou sobre as águas para ir ter com Jesus.
30 Mas, sentindo o vento forte, teve medo; e, começando a ir para o fundo, clamou, dizendo: Senhor, salva-me!
31 E logo Jesus, estendendo a mão, segurou-o, e disse-lhe: Homem de pouca fé, por que duvidaste?
MATEUS 15

28 Então respondeu Jesus, e disse-lhe: Ó mulher, grande é a tua fé! Seja isso feito para contigo como tu desejas. E desde aquela hora a sua filha ficou sã.
E o mais importante dessa história, o perdão dos pecados, a regeneração da alma e do espírito. O perdão traz consigo a cura, muitos vivem pesados contritos, trazendo sobre si a necessidade de receber e principalmente liberar o perdão.
Isaías 53.5
Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.
Ele nos perdoou, fomos sarados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário